5 dicas para criar um logotipo de forma estratégica

O logotipo é uma das representações visuais mais importantes de uma empresa. Ele representa, graficamente, tudo aquilo que a sua marca significa e deseja transmitir para os clientes. Só por isso já dá para entender a importância desse elemento, não é?

Como ele pode mudar totalmente a percepção de marca e até mesmo os resultados da empresa, o ideal é criar um logotipo de maneira altamente estratégica.

Quer entender melhor como fazer isso? Confira nossas 5 dicas:

 

1. Realize um brainstorm

O brainstorm é uma importante sessão de ideias em que cada participante contribui com sugestões diversas, sem julgamentos. O principal objetivo de utilizar essa técnica é conseguir compreender exatamente que tipo de mensagem o logotipo deve passar.

Ao contar com profissionais de diversas áreas, inclusive da parte de comunicação, é possível selecionar quais palavras têm mais a ver com a empresa, além de reunir referências que ajudem na construção visual. Se duas cabeças pensam melhor que uma, um brainstorm pode fazer chover ideias!

 

2. Considere a identidade da empresa

É necessário levar em consideração a identidade visual da empresa como um todo para compreender como o logotipo se encaixará no conceito.

É o caso, por exemplo, de pensar na psicologia das cores. Enquanto aquela famosa marca de fast food investe em cores que trazem intensidade (como amarelo e vermelho), redes sociais comumente apostam no azul para gerar mais identificação.

Também vale pensar no uso de formas, como linhas ou elementos sinuosos, que podem indicar se a empresa é mais séria, mais descolada ou mais inovadora.

Ao considerar a identidade visual de forma abrangente, fica mais fácil selecionar os elementos para que o logotipo transmita a mensagem certa.

 

3. Avalie as aplicações da marca

As aplicações de marca correspondem aos lugares nos quais o logotipo vai, efetivamente, aparecer. Além de possíveis embalagens de produtos, há questões como peças do marketing digital, folhetos de divulgação e até mesmo a papelaria em geral.

O ideal, portanto, é criar um logotipo que consiga se adaptar a essas diferentes aplicações. Isso fortalece a marca e beneficia a melhor fixação na memória, permitindo que seja mais reconhecida em qualquer lugar.

O resultado? Seus clientes se lembrarão facilmente da sua empresa quando precisarem de um produto ou serviço que você oferece, além de distinguirem seu logotipo sem esforços!

 

4. Busque originalidade

Pode parecer fácil se inspirar em alguma marca que você admira e que já tem uma imagem consolidada. Porém, tomar esse atalho pode custar caro para a sua empresa em todos os sentidos.

Copiar um logotipo ou mesmo uma ideia já existente, investindo em uma peça pouco original, é uma atitude que será notada por seus clientes. Mesmo que isso não resulte em um processo, vai colocar em xeque a credibilidade da sua empresa.

Uma decisão altamente estratégica consiste em buscar a originalidade acima de tudo. É isso que vai chamar a atenção do mercado da maneira certa e fazer com que a sua marca se destaque.

 

5. Conte com profissionais especializados

Todo esse processo precisa acontecer com o apoio de profissionais especializados. Contratar o sobrinho que faz mais barato ou pedir para o estagiário elaborar algo do tipo só vai colocar a sua empresa em apuros!

Nesse momento, o ideal é contar com uma equipe especializada em comunicação: ao contratar uma agência que oferece esse serviço, você garante que seu trabalho atinja os objetivos esperados. Com profissionais realmente qualificados tomando a frente, a realização do trabalho fica ainda mais estratégica e benéfica.

Ao seguir essas dicas, será possível criar um logotipo de maneira altamente estratégica, assegurando o máximo de resultados para o seu negócio.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe-o nas suas redes sociais e ajude aquele amigo que precisa de uma força para criar uma identidade visual para os negócios!

Publicações Recentes

Deixe um Comentário